Situada na Freguesia da Azinhaga, Concelho da Golegã, Distrito de Santarém, é circundada pelo rio Almonda, em cujas férteis aluviões pastoreiam equinos, bovinos e ovinos num enquadramento de rara beleza. Scroll

Ganadaria

História

Em 1830, Rafael José da Cunha inicia também a criação de gado bravo; estreia-se em 1837 na Praça do Campo de Santana em Lisboa; seu era também o primeiro toiro português lidado em Madrid, em 1854; oferta de amigos espanhóis, a cabeça embalsamada desse "Azeitono", ainda hoje se mantem "orgulhosa", na parede frontal da "Casa dos Carros".


Esta ganadaria brava passa depois por vários processos de partilha e quase se extingue; mas, em 1969, os herdeiros Manuel e Carlos Tavares Veiga retomam a tradição e fundam nova Ganadaria, com um lote de vacas de Rafael Calado e sementais Dr. Silva, é aumentada, dois anos depois, com vacas Cabral Ascensão.

Posteriormente foram introduzidos sementais de Nuñez (Rincon). Cabral Ascensão, Vasconcellos d'Andrade (Alves do Rio - Coimbra) e Oliveiras Irmãos, enquanto um lote de vacas desta última divisa, foi também incorporado na ganadaria. Nos últimos anos foi agregado um semental de Torrestrella.

A Ganadaria Manuel Veiga, mantém-se na actualidade, pastando na charneca, na sua Herdade de Talasnas, a pouco mais de 30 Km da Quinta da Brôa.

Caso tenha alguma dúvida ou questão não hesite em contactar: geral@quintadabroa.com 

GuestCentric - Hotel website & booking technology